GRUPO CORPO ABRE FESTIVAL DE DANÇA 2018 DE CURITIBA

Nos dias 28 e 29 de março, o Grupo Corpo abrirá o Festival de Curitiba 2018 com o espetáculo: “Gira”, considerado uma de suas obras primas.

“Gira”, traz “os corpos carne e os corpos espírito dos bailarinos em uma celebração da identidade nacional através da leitura de Pederneiras e do grupo ‘Metá Metá’ para ritos religiosos que recriaram no Brasil uma África simbólica e sua memória de origens fundantes”.

Os ritos da umbanda, a mais cultuada das religiões nascidas no Brasil, uma fusão das religiões do candomblé, catolicismo e o kardecismo – são a fonte de inspiração da estética cênica e coreográfica ‘Gira’. Exu, o mais humano dos orixás – sem o qual, nas religiões de matriz africana, o culto simplesmente não funciona – é o motivo poético que guia os onze temas musicais criados pelo trio paulista Metá Metá para ‘Gira’.

Os ritos da umbanda, a mais cultuada das religiões nascidas no Brasil, uma mistura das religiões do candomblé, catolicismo e o kardecismo – são a fonte de inspiração da estética cênica e coreográfica ‘Gira’. Exu, o mais humano dos orixás – sem o qual, nas religiões de matriz africana, o culto simplesmente não funciona – é o motivo poético que guia os onze temas musicais criados pelo trio paulista Metá Metá para ‘Gira’.

 

Confira um pouco sobre o espetáculo, e aproveite para conferir o canal do grupo, onde se tem vários trabalhos de alta qualidade.

 

coreografia: Rodrigo Pederneiras

Música: Metá Metá

Cenografia: Paulo Pederneiras

Figurino: Freusa Zechmeister

Iluminação: Paulo Pederneiras e Gabriel Pederneiras

Mais sobre o grupo : GRUPO CORPO

SyFy & Netflix estreiam nova série baseada em obra de George R.R. Martin

SIA E DAVID GUETTA NOVAMENTE EM NOVA MÚSICA