WebTv

MIGUEL FALABELLA ESCREVE E DIRIGE MUSICAL COM PERSONAGEM AUTISTA

A INÉDITA E SURPREENDENTE COMÉDIA MUSICAL DE MIGUEL FALABELLA COM ALESSANDRA MAESTRINI E MIRNA RUBIM

O Som e a Sílaba foi escrito e concebido especialmente para o talento de duas cantoras-atrizes, com registro lírico, no caso Alessandra Maestrini e Mirna Rubim. A história de Sarah Leighton uma jovem com diagnóstico de autismo altamente funcional, uma savant, com habilidades específicas em algumas áreas, entre elas a música, e sua relação com Leonor Delis, sua professora de canto, ganha cena num texto, terno, engraçado e comovente.

Sarah busca alguém que lhe ajude a dar algum sentido a sua vida. Com a morte dos pais, ela mora com o irmão casado, mas sente que não se encaixa na organização da casa, tem consciência de suas limitações nas relações pessoais e sabe que precisa romper as barreiras da síndrome para se ajustar ao mundo lá fora. Em sua busca por uma autonomia, ela lista suas habilidades, entre elas cantar. Ela sabe cantar.

“- Gente como eu precisa de duas coisas na vida. ” – ela diz a Leonor, ao se apresentar – “ De um trabalho e de alguém que lhe estenda a mão. ”

Leonor, por sua vez, atravessa uma crise pessoal e profissional, recém-saída de um divórcio penoso, relendo o livro da própria vida e se admirando com alguns capítulos.

A música vai unir essas duas mulheres e esse encontro mudará definitivamente a trajetória de ambas. Recheada com árias, duetos e trechos célebres do bel canto, O Som e a Sílaba celebra a grandeza e mistério da mente humana e seu inexorável avanço em sua aventura na terra.

Em torno dessa montagem reuniu-se uma esquipe estelar: o elegante cenário ficou nas mãos de Zezinho Santos e Turíbio Santos; a luz dramática de Wagner Freire complementa os figurinos de Ligia Rocha e Marco Pacheco que, juntamente com o visagismo de Wilson Eliodoro, constroem os cativantes personagens da peça. O musical conta com o design de som de Mario Jorge Andrade, que leva a experiência auditiva do espetáculo para um novo patamar de excelência.

Confira no vídeo abaixo informações sobre a apresentação da peça na cidade de Araras:

Sobre Daniel Pereira

Um aquariano que vive com os pensamentos no futuro mas tem grande apego com o passado. Apaixonado por arte e Comunicação. Seu maior defeito é fazer mil coisas ao mesmo tempo a ponto de não ter tempo pra mais nada e mesmo assim vive criando coisas novas pra fazer.

Confira também

BLUMENAU RECEBE 31º FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO UNIVERSITÁRIO COM MAIS DE 40 PEÇAS

De 12 a 19 de julho, acontece em Blumenau, Santa Catarina o 31º Festival Internacional …

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: