BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Cena de "De Partida"

Festival de circo reúne espetáculos de 11 países

Engana-se quem pensa que circo é coisa só de criança. A terceira edição do Circos – Festival Internacional Sesc de Circo, que começou nesta quinta (28) e segue até 7/6, traz, além de espetáculos para o público infantil, quatro montagens para maiores de 16 anos e duas para maiores de 18 —na sueca “Clockwork”, um homem nu é pendurado pelo cabelo.

Serão 28 espetáculos encenados em 15 unidades da rede Sesc na Grande São Paulo, num total de 105 apresentações (em 2014, foram 23 montagens e 90 sessões). Além do Brasil, que participa com 13 peças, a programação tem produções de Colômbia, Argentina, Canadá, Suécia, Suíça, Espanha, Portugal, França, Palestina e Estados Unidos.

Cena do espetáculo "Haru"

Para quem não sabe bem o que diferencia o circo de outras artes cênicas, o festival é uma oportunidade de conhecer o assunto mais a fundo. “O artista circense tem o risco em seu cerne. Ele desafia a natureza e a gravidade, e o público interpreta tudo o que vê em sensações”, explica Carolina Garcez, curadora do evento, que espera receber 55 mil pessoas.

Segundo ela, um dos espetáculos mais caros foi o “Acelere!”, da Colômbia, pelo tamanho da companhia (19 pessoas vieram ao Brasil). Outra curiosidade é que o Sesc precisou enviar uma carta-convite oficial ao grupo da Palestina para que o consulado aceitasse fazer a liberação do visto dos artistas.

Cena do Espetáculo "Clockwork"

A lista de atrações também conta com atividades paralelas para “promover uma grande troca de experiências entre os profissionais e o público”, diz Garcez. Agora é sua vez: escolha o que ver e bom circo!

ESPETÁCULOS INTERNACIONAIS

Argentina

Falsa Escuadra – livre
A peça do grupo Movimiento Armario entrou na programação do evento na reta final, após um cancelamento de última hora. Ela fala sobre dois irmãos, um alto e outro baixo, que protagonizam cenas surrealistas em uma sucessão de trapalhadas. Os atores Fernando Rosen e Ivan Larroque -num estilo Chaplin (1889-1977) e Jacques Tati (1907-1982)- usam um guarda-roupas de duas portas como base para seus números, que misturam brincadeiras líricas e episódios inesperados.

Sesc Interlagos – sede social – av. Manuel Alves Soares, 1.100, Parque Colonial, região sul, tel. 5662-9500. Qui. (4) e sex. (5): 11h e 14h. 50 min. Estac. (R$ 7 e R$ 14). GRÁTIS

Sesc Itaquera – praça de eventos – av. Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1.000, Parque do Carmo, tel. 2523-9200. Sáb. (6) e dom. (7): 11h e 14h. 50 min. Estac. (R$ 5 e R$ 10). GRÁTIS

Barlovento – 6 anos
A Cia. Hazmereir coloca em cena personagens extravagantes que representam a tripulação do navio Barlovento: um árabe, um italiano, uma francesa e um russo. Conciliando arte circense e drama, eles enfrentam tempestade e calmaria, loucura e sanidade, utilizando acrobacias, manipulação de objetos e um mastro chinês de dez metros. O público acaba não entendendo muitas das palavras ditas ali, mas a ideia é que a história seja contada por meio de gestos, gritos, caretas e beijos na boca. O espetáculo estreou em 2013 em Mar del Plata, na Argentina, e chega ao Brasil com Federico Galván, Martín Umerez, Ana Clara Manera e Juan Ignácio Rey.

Sesc Consolação – Teatro Anchieta – r. Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque, tel. 3234-3000. Qui. (4) e dom. (7): 18h. Sex. (5) e sáb. (6): 19h. 70 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25.

*

Canadá

Cherepaka – 16 anos
O contorcionismo serve para estimular a imaginação do espectador, que vê no palco escuro, sob um único foco de luz, uma mulher representando a morte de uma tartaruga. Inspirado em telas do inglês Francis Bacon (1561-1626) e em ideias do filósofo inglês Gilles Deleuze (1925-1995), o espetáculo questiona a ambição humana. As pessoas, de acordo com a concepção da obra, começam a se corromper a partir do momento em que tentam construir uma carcaça feita de poder e de dominação. Por meio da artista Andréane Leclerc, o grupo Nadère Performing Art busca discutir sobre as distorções da realidade.

Sesc Belenzinho – sala 2 – r. Pe. Adelino, 1.000, Quarta Parada, região leste, tel. 2076-9700. Sex. (29) e sáb. (30): 20h. Dom. (31): 17h. 55 min. 16 anos. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Estac. (R$ 3 e R$ 6 a 1ª h).

*

Colômbia

Acelere! – 10 anos
A trilha sonora conta com músicas originais em ritmos latinos, caribenhos e drum n’ bass —e os acrobatas do grupo Circolombia executam seus movimentos ao mesmo tempo em que dançam e cantam ao vivo. Inspirado na diversidade étnica da Colômbia, o espetáculo cria uma série de metáforas nas quais os artistas relacionam suas vidas com as grandes questões nacionais. As tomadas de decisões, por exemplo, são comparadas a saltos realizados na apresentação, fazendo um paralelo com o risco que é a vida. Parte do elenco é formada por crianças e adolescentes da escola Circo para Todos.

Sesc Pinheiros – Teatro Paulo Autran – r. Paes Leme, 195, Pinheiros, região oeste, tel. 3095-9400. Sex. (29): 21h. Sáb. (30): 19h. Dom. (31): 17h. 60 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Estac. (R$ 6 e R$ 8 p/ 3h).

*

Espanha

Pelat – livre
Além de escalar um tronco, Joan Català conta com a participação do público para criar um gira-gira e provocar um ataque de cócegas. As coreografias realizadas remetem a atividades agrícolas e artesanais.

Sesc Carmo – praça Poupatempo – r. do Carmo, 147, região central, tel. 3111-7000. Qua. (3): 15h. 45 min. GRÁTIS

Sesc Bom Retiro – praça de conveniência – al. Nothmann, 185, Campos Elíseos, tel. 3332-3600. Qui. (4): 13h. Sex. (5): 17h30. 45 min. GRÁTIS

Sesc Campo Limpo – praça – r. Nsa. Sra. do Bom Conselho, 120, Chácara Nossa Senhora do Bom Conselho, região sul, tel. 5510-2700. Sáb. (6): 15h. Dom. (7): 13h. 45 min. GRÁTIS

Pals – 12 anos
A Cia. Ciclícus, que surgiu em 2009 em Barcelona, realiza um ritual de despedida. Com movimentos delicados, os atores representam um coletivo itinerante de artistas de circo que se despede de um integrante da trupe que acaba de morrer. Eles tentam encontrar um lugar tranquilo onde possam lançar as cinzas do amigo —e, enquanto isso, os intérpretes constroem carrosséis e outras estruturas circenses a partir de itens de uma carroça desmontada.

Sesc Pompeia – teatro – r. Clélia, 93, Água Branca, região oeste, tel. 3871-7700. Sex. (29) e sáb. (30): 21h. Dom. (31): 19h. 80 min. 12 anos. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25.

*

Estados Unidos

Exceções à Gravidade – livre
O nome é Avner Eisenberg, mas pode chamá-lo de Avner The Eccentric. O palhaço de 66 anos, que fez parte do filme “A Joia do Nilo” (1985), é conhecido pelo bom humor e pela expressão corporal marcante. Em cena, ele engole vários guardanapos, faz malabares com um chapéu e equilibra sobre seu nariz uma pena bem comprida, além de mesclar as piadas clássicas com técnicas de ilusionismo. Este espetáculo solo, inédito em São Paulo, foi criado pelo artista no início dos anos 1980.

Sesc Bom Retiro – teatro – al. Nothmann,185, Campos Elíseos, região central, tel. 3332-3600. Ter. (2) e qua. (3): 21h. 75 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Estac. (R$ 4 e R$ 8 a 1ªh).

*

França

Circonferences – 12 anos
A Cia. La Scabreuse traz ao festival suas conferências-espetáculos, nas quais a trupe compartilha com o público as dificuldades pelas quais os artistas de circo passam durante as encenações -além de falar sobre as habilidades necessárias para cada atividade. Nestas sessões, eles vão abordar o uso do mastro e do arame, mostrando o que o artista precisa fazer para dar conta do recado. Enquanto dão detalhes sobre os exercícios, eles apresentam vários números.

Sesc Santo André – teatro – r. Tamarutaca, 302, Vila Guiomar, Santo André, tel. 4469-1200. Qua. (3) e sáb. (6): 20h. Qui. (4) e dom. (7): 19h. 90 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Estac. (R$ 1,50 a R$ 4).

*

Palestina

B-Orders – 12 anos
Os artistas Ashtar Muallem e Fadi Zmorrod dividem o palco e compartilham sensações. Os dois são palestinos criados em Jerusalém e sentiam que, lá, eram tratados como cidadãos de segunda categoria. Tudo ficou ainda mais latente quando viajaram para estudar na Europa e perceberam os códigos sociais que sua origem carregava -e o que os outros esperavam deles. No palco, eles se tornam duas pessoas agoniadas que esbarram em movimentos truncados. O nome do espetáculo (“borders”) faz referência à necessidade de se passar não apenas pelas fronteiras impostas pela ocupação da Palestina, mas também por aquelas criadas pela sociedade.

Sesc Belenzinho – teatro – r. Pe. Adelino, 1.000, Quarta Parada, região leste, tel. 2076-9700. Qui. (4) e dom. (7): 19h. Sex. (5) e sáb. (6): 21h. 50 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Estac. (R$ 3 e R$ 6 a 1ª h).

*

Portugal

Última Aduela – livre
O bege é a cor predominante do cenário, até que a chegada de um homem engravatado colore tudo. O grupo Erva Daninha faz uma reflexão sobre a vaidade e a superficialidade —e usa técnica para trocas instantâneas de roupa.

Sesc Interlagos – sede social – av. Manuel Alves Soares, 1.100, Parque Colonial, região sul, tel. 5662-9500. Sáb. (30): 16h. Dom. (31): 13. 40 min. GRÁTIS

Sesc Carmo – praça – r. do Carmo, 147, região central, tel. 3111-7000. Seg. (1º): 15h. Ter. (2): 11h. 40 min. GRÁTIS

Sesc Itaquera – praça de eventos – av. Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1.000, Parque do Carmo, tel. 2523-9200. Qui. (4)
e sex. (5): 15h. 40 min. GRÁTIS

Sesc Osasco – tenda 2 – av. Sport Club Corinthians Paulista, 1.300, Bussocaba, Osasco, tel. 3184-0900. Sáb. (6) e dom. (7): 14h. 40 min. GRÁTIS

*

Suécia

Extreme Symbiosis – 16 anos
O público poderá ver, em um telão, cenas de ensaios com erros e acertos dos suecos Henrik Agger e Louise Bjurholm, que são parceiros há 14 anos e criaram esta performance documental para mostrar, na prática, como é a arte de atuar em dupla. As dificuldades do trabalho —afetado por fatores emocionais, por exemplo— também ficam expostas por meio de gravações de áudio que registram debates entre os dois, sobre vários assuntos. Enquanto mostram os bastidores dos processos criativos, os artistas tomam o palco e se apresentam, reproduzindo movimentos e elaborando novas coreografias.

Sesc Pompeia – galpão – r. Clélia, 93, Água Branca, região oeste, tel. 3871-7700. Ter. (2) e qua. (3): 21h. Qui. (4): 15h. 55 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25.

Underart – 12 anos
A inspiração da Cirkus Cirkör veio da história real do ex-acrobata sueco Olle Strandberg (hoje diretor da companhia), que, em dezembro de 2005, perdeu os movimentos do pescoço para baixo após ter caído de um salto triplo no trapézio. De forma melancólica, mas também com muito humor e poesia, sete artistas entram em cena para apresentar diversos tipos de acrobacias, acompanhados por uma trilha sonora original. A missão do grupo é fazer com que o mundo se torne mais atento e mais vivo, impulsionado pelo esforço que Olle teve para se recuperar -ele recobrou os movimentos.

Sesc Vila Mariana – teatro – r. Pelotas, 141, Vila Mariana, região sul, tel. 5080-3000. Qui. (4): 18h. Sex. (5) e sáb. (6): 21h. Dom. (7): 17h. 90 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Estac. (R$ 3 e R$ 6 a 1ª h).

Clockwork – 16 anos
A ideia é aprimorar a sincronia entre diferentes corpos, criando movimentos inusitados e imagens que mais parecem ilusão. Em uma das cenas, os três artistas do grupo Sisters (um espanhol, um dinamarquês e um francês) tocam guitarra juntos, a seis mãos. Em outra, um deles empurra as cabeças dos outros como se fossem bolas —e as roupas escuras dão a impressão de que os corpos realmente somem. Um número que também deve chamar a atenção é quando um dos integrantes, pelado, fica pendurado apenas pelo cabelo (mas ele esconde sua parte íntima com as mãos). Tudo é conduzido por sons eletrônicos.

Sesc Vila Mariana – teatro – r. Pelotas, 141, Vila Mariana, região sul, tel. 5080-3000. Sex. (29) e sáb. (30): 21h. Dom. (31): 18h. 60 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Estac. (R$ 3 e
R$ 6 a 1ª h).

*

Suíça

Confusion – 16 anos
O palhaço francês Pierre Byland, que dirigiu e atuou ao lado de nomes como Samuel Beckett (1906-1989) e Philippe Gaulier, divide o palco com Mareike Schnitker neste espetáculo da Cie. Les Fusains, dirigido por Jacques Lecoq. Sem máscaras, eles deixam em evidência hábitos diários de homens e mulheres, como o modo de falar e o jeito de reclamar e de se divertir. As ações automáticas viram dramas ou comédias prontas.

Sesc Santana – teatro – av. Luiz Dumont Villares, 579, Jardim São Paulo, região norte, tel. 2971-8700. Sex. (29) e sáb. (30): 21h. Dom. (31): 18h. 90 min. Ingr.: R$ 7,50 a
R$ 25. Estac. (R$ 3,50 e R$ 7).

A Costureira – livre
A palhaça suíça Gardi Hutter, com mais de 30 anos de carreira, mostra este seu novo espetáculo feito em parceria com o diretor Michael Vogel. Ela interpreta Joana, uma costureira criativa que trabalha com a força da imaginação. Até que ela encontra, em uma caixa de costura, o fio da história da sua vida, e isso faz com que a personagem relembre momentos felizes e se dê conta da finitude da vida. Em meio às simbologias do espetáculo, medo e risadas se alternam.

Sesc Santana – teatro – av. Luiz Dumont Villares, 579, Jardim São Paulo, tel. 2971-8700. Sáb. (6): 21h. Dom. (7): 18h. 70 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25.

ESPETÁCULOS NACIONAIS

A Fantástica Baleia Engolidora de Circos – livre
No espetáculo da Cia. Frita, do Rio de Janeiro, uma trupe circense é engolida por uma baleia. Três palhaças passam, então, a sobreviver dentro da barriga do animal, que sequer percebe que está carregando um circo. A cada refeição que a baleia faz, as palhaças se deparam com uma surpresa.

Sesc Santana – av. Luiz Dumont Villares, 579, Jardim São Paulo, tel. 2971-8700. Sáb. (30) e dom. (31): 12h. 60 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Estac. (R$ 3,50 e R$ 7).

A.N.J.O.S. – 4 anos
Acompanhado de cinco amigos, Nuno constrói um barquinho em seu quarto. Ele parte em uma jornada imaginária para encontrar coisas que perdeu no passado -e aprende a lidar com perdas inevitáveis, como a morte de sua mãe. O espetáculo é da Cia. Nau de Ícaros, de São Paulo.

Sesc Santo Amaro – r. Amador Bueno, 505, Santo Amaro, tel. 5541-4000. Sáb. (30) e dom. (31): 15h. 60 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Estac. (R$ 3 e R$ 6 a 1ª h).

Volta ao Mundo em 80 Dias – livre
Baseada na história de Júlio Verne (1828-1905), a montagem do grupo paulistano Solas de Vento aproveita sucata para compor o cenário e os transportes usados pelos personagens.

Sesc Belenzinho – r. Pe. Adelino, 1.000, Quarta Parada, região leste, tel. 2076-9700. Qui. (4), sáb. (6) e dom. (7): 12h. 70 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25.

Escalafobética – 18 anos
A Palhaça Rubra (interpretada por Lu Lopes) é escalafobética, ou seja, excêntrica. Ela é uma faxineira com senso de limpeza apurado, e sua diversão é cantar e fazer coisas estranhas. Para adultos, a apresentação é escrachada e cheia de palavrões.

Sesc Santana – av. Luiz Dumont Villares, 579, Jardim São Paulo, região norte, tel. 2971-8700. Qui.(4): 17h. Sex.(5): 21h. 50 min. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Estac.
(R$ 3,50 e R$ 7).

A Arte do Ilusionismo – livre
O espetáculo criado pelo bicampeão latinoamericano de ilusionismo, Caio Ferreira, tem iluminação sutil que ressalta um clima de cabaré. Bolas de bilhar, anéis de aço e outros objetos ora somem, ora se transformam. Na trilha sonora, Mozart e Chopin.

Sesc Osasco – av. Sport Club Corinthians Paulista, 1.300, Bussocaba, Osasco, tel. 3184-0900. 60 min. Sáb. (30) e dom. (31): 18h. GRÁTIS

Sesc Bom Retiro – al. Nothmann, 185, Campos Elíseos, tel. 3332-3600. 60 min. Qui. (4): 18h. Sex. (5): 19h. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25.

Charivari Brasileiro – livre
É a primeira vez que sete escolas profissionais de circo se apresentam juntas, e a ideia do espetáculo é mostrar os caminhos da formação circense no país. “Charivari” é o momento final dos espetáculos de circo, quando os artistas entram saltando, fazendo malabares e acrobacias, e pedindo para o público participar com palmas.

Sesc Santo André – r. Tamarutaca, 302, Vila Guiomar, Santo André, tel. 4469-1200. 60 min. Sáb. (30): 20h. Dom. (31): 19h. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25.

As Voltas que o Mundo Dá! – livre
Na peça da Cia. K/Cia. Cabelo de Maria, os palhaços Serafim e Serafina conseguem transformar seus problemas. Também há números aéreos e uma orquestra.

Sesc Itaquera – av. Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1.000, parque do Carmo, região leste, tel. 2523-9200. 60 min. Sáb. (30) e dom. (31): 16h. GRÁTIS

Sesc Campo Limpo – r. Nsa. Sra. do Bom Conselho, 120, Chácara Nossa Senhora do Bom Conselho, região sul, tel. 5510-2700. 60 min. Qui. (4) e sex. (5): 16h. GRÁTIS

Sesc Interlagos – av. Manuel Alves Soares, 1.100, Parque Colonial, tel. 5662-9500. 60 min. Sáb. (6) e dom. (7): 16h. GRÁTIS

Febril – 10 anos
Com trilha sonora ao vivo, o espetáculo mostra uma trupe de ciganos que chega a um vilarejo e começa a fazer acrobacias, malabares e números aéreos. Esta produção nasceu sob inspiração do chamado “realismo mágico”, vertente literária encabeçada por Gabriel García Márquez (1927-2014).

Sesc Bom Retiro – al. Nothmann, 185, Campos Elíseos, região central, tel. 3332-3600. 60 min. Sex. (29) e sáb. (30): 19h. Dom. (31): 17h. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25 (espetáculo na praça: grátis). Estac. (R$ 4 e R$ 8 a 1ª h).

Noites de Parangolé – 18 anos
Em clima de cabaré, o espetáculo nunca é o mesmo: a temática muda a cada exibição, e os convidados se unem ao elenco fixo. Humor, projeções e música ao vivo se misturam —e o público poderá provar bebida alcoólica.

Sesc Pompeia – r. Clélia, 93, Água Branca, região oeste, tel. 3871-7700. 80 min. Qui. (4) e dom. (7): 18h. Sex. (5) e sáb. (6): 21h. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25.

Vizinhos – 12 anos
Objetos de uso cotidiano de um homem e de uma mulher ganham novos significados para mostrar as dificuldades que enfrentamos. Idealizado por Daniel Pedro e Maíra Campos, do Circo Zanni, o espetáculo é dirigido por Lu Lopes.

Sesc Santo Amaro – r. Amador Bueno, 505, Santo Amaro, tel. 5541-4000. 50 min. Qui. (4) e dom. (7): 18h. Sex. (5) e sáb. (6): 21h. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25.

Um Café da Manhã – 12 anos
Inspirado no poema homônimo de Jacques Prévert (1900-1977), mostra a separação de um casal (sem palavras) -os sentimentos são explorados com uso de aparelhos como o trapézio duplo.

Sesc Consolação – r. Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque, região central, tel. 3234-3000. 45 min. Sex. (29) e sáb. (30): 21h. Dom.: 19h. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25.

De Partida – livre
Na apresentação da Cia. Suno, os palhaços Sanduba e Fiorella desbravam o mundo como dois ciganos. Eles perseguem novos desafios por onde passam, fazendo contorcionismo, mágica, equilibrismo e acrobacia.

Sesc Santana – av. Luiz Dumont Villares, 579, Jardim São Paulo, tel. 2971-8700. 50 min. Sáb. (6) e dom. (7): 12h. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Estac. (R$ 3,50 e R$ 7).

Haru – A Primavera do Aprendiz – 4 anos
No espetáculo pernambucano, o mágico Rapha Santacruz narra a história de um jovem aprendiz que quer aperfeiçoar seus truques de ilusionismo.

Sesc Bom Retiro – al. Nothmann, 185, Campos Elíseos, tel. 3332-3600. 50 min. Sáb. (6) e dom. (7): 12h. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25.

Fonte: Guia Folha

About Daniel Pereira

Um aquariano que vive com os pensamentos no futuro mas tem grande apego com o passado. Apaixonado por arte e Comunicação. Seu maior defeito é fazer mil coisas ao mesmo tempo a ponto de não ter tempo pra mais nada e mesmo assim vive criando coisas novas pra fazer.

Confira também

Palhaços: A História

Os palhaços são conhecidos a aproximadamente quatro mil anos mas a verdade, é que desde ...

Deixe uma resposta