Click: A última Gota

Cena da peça "A última Gota"

Espetáculo infantil, inspirado no livro do mesmo nome e autor, da editora Scipione que explica o porque da falta de água, os desperdícios, e os cuidados para sua preservação.

Espetáculo escolhido para ser apresentado na Bienal do Livro de 2004.

CHUVISCA, a última gota, é cobiçada e perseguida por dois exércitos, que precisam multiplicá-la para obter água.
Na sua fuga, se transforma em vapor, juntando-se a MAMÃE NIMBO, uma sábia nuvem, que num passeio a conduz através da devastação (serras… queimadas… etc…), a culpada pela alteração no ciclo da chuva, quando deixa atrás de si um rastro de tocos, clareiras e desertos.
CHUVISCA volta a ser gotinha e encontra URTIGÃO, uma folha ruim que rouba das suas irmãs, o orvalho da noite…
As FLORES, murchas, lamentando num coral as ações do homem contra a natureza…
Sr. RIOS, um rio totalmente poluído, que reclama por uma estação de tratamento de água no seu curso….
JUANITO que estava muito doente porque entregava toda sua água, para a amada JOANINHA.
Um musical romântico, onde ela, apesar de sua tristeza procura não chorar, para não desperdiçar o precioso liquido. Mas o amor tudo vence, e lágrimas escapam de seus olhos !
SECÃO e MANDACARU, uma dupla nordestina que canta e dança num típico Xote, o fim da seca… e, para sua surpresa encontra
GOTONA, robusta gota que pertence ao Aqüífero Guarani; imenso mar que corre por baixo de oito estados do Brasil, mas que esta ameaçado pela poluição.
CHUVISCA, assiste também a cenas de desperdício.
Torneiras abertas gastando sem parar, chuveiros ligados em excessivos banhos e mangueiras jorrando inutilmente.
… Mas os alunos da platéia, com o grito de guerra….
“Água pra cuidar, água pra beber…” sobem ao palco, com o objetivo de apontar soluções contra o consumo abusivo, irracional  e agressão ao meio ambiente.
E num musical apoteótico, todos cantam juntos A PRESERVAÇÃO DA NATUREZA, para desfrutar de toda essa beleza natural.

Brothers of Brazil

J.K. Rowling responde a leitor que questionou homossexualidade de Dumbledore