Paulo Coelho cancela participação no Salão do Livro de Paris

O escritor Paulo Coelho cancelou sua participação no Salão do Livro de Paris no começo da tarde (manhã no Brasil) desta segunda-feira (23), alegando problemas de agenda.

O autor, que estava em Santiago de Compostela, onde promoveu uma festa para amigos em torno do dia de São José (19 de março), disse que não conseguiu voo para chegar à capital francesa.

Apesar de as datas do seu evento coincidirem com as da feira literária, ele havia dito aos organizadores que viria à França para o último dia do Salão, nesta segunda.

Não é a primeira vez que Coelho desmarca, em cima da hora, sua participação num evento literário que homenageia o Brasil.

Em 2013, às vésperas da abertura da feira de Frankfurt, ele informou aos organizadores brasileiros que não se juntaria à delegação de 70 escritores por não concordar com os critérios de seleção desta lista.

Segundo o autor, apenas 20 integrantes eram conhecidos e faltava incluir nesse elenco representantes da geração “vibrante” –à qual ele acreditava pertencerem nomes como Eduardo Spohr, Thalita Rebouças e Raphael Draccon.

Na época, um dos curadores da participação brasileira, o colunista da FolhaManuel da Costa Pinto, afirmou que a agente de Coelho havia negociado desde 2012 que o escritor fizesse o discurso de abertura de Frankfurt. A distinção coube, no fim das contas, ao mineiro Luiz Ruffato.

Fonte: Folha Ilustrada/Folha de S. Paulo

PREMIUM: Retro Workspace Mockup

Disney lança novo filme da ‘Cinderela’; filme também é para menino?